wsA Associação Comercial de Braga está a dinamizar um projecto conjunto de qualificação de empresas do setor da hotelaria e restauração.

O projeto designa-se por UpREST e tem como objetivo qualificar e tornar mais competitiva a oferta dos restaurantes da região.

A intervenção no âmbito do UpREST desenvolve-se em 4 eixos principais:

∎ Promover conceitos e marcas

∎ Digitalizar o negócio

∎ Diferenciar a oferta

∎ Qualificar o serviço

O Up REST, projeto conjunto de qualificação de PME aprovado no âmbito do POCI – Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, dirige-se a 20 empresas do setor da hotelaria e restauração, interessadas em investir no desenvolvimento dos seus negócios .

O projeto contempla ações programadas por empresa aderente e um investimento conjunto a promover pela ACB. O investimento médio por empresa ronda os 15 mil euros e, ao contrário do que tem sucedido em outros programas de incentivos, não se destina à realização de obras, nem à aquisição de mobiliário e equipamentos de modernização dos espaços comerciais. Em causa está investimento em ações imateriais orientadas para o aumento da capacidade competitiva dos restaurantes e para a melhoria da rentabilidade destes negócios.

Alinhados numa estratégia comum, a ACB e os restaurantes aderentes investirão no desenvolvimento de um conjunto de atividades que visam qualificar e tornar mais competitiva a oferta dos restaurantes aderentes.

O projeto destina-se a empresas do setor da hotelaria e restauração da região. Os interessados devem preencher e enviar à ACB a ficha de pré-adesão disponível neste website.

A empresa aderente terá de cumprir os seguintes critérios/requisitos:

i) Apresentar declaração de compromisso em como cumpre as condições necessárias ao exercício da atividade, dispõe de contabilidade organizada e não se encontra em dificuldades, nem sujeita a uma injunção de recuperação;

ii) Ter a situação tributária e contributiva regularizada perante a administração fiscal, segurança social e entidades pagadoras do incentivo;

iii) Apresentar o Certificado de PME emitido pelo IAPMEI;

iv) Estar registada no Balcão 2020;

v) Apresentar uma situação líquida positiva, reportada ao pré-projeto e aferida através da IES da empresa.

As despesas elegíveis para as empresas são as que constam no projeto conjunto aprovado, sendo as empresas aderentes informadas das despesas elegíveis em função das suas necessidades e prioridades. Em causa, estão despesas a enquadrar nos seguintes grupos:

i) Aquisições para aplicação de novos métodos organizacionais;

ii) Serviços de consultoria especializados prestados por consultores externos nas áreas da organização e gestão, sistema de qualidade e certificação do serviço, economia digital, marketing e novos sistemas de interação com clientes;

iii) Ações de divulgação, acompanhamento, promoção e disseminação de resultados do projeto a realizar pela ACB.

O incentivo financeiro é não reembolsável (fundo perdido) e corresponde a 50% das despesas elegíveis.

Através do t. 253 201750, do e.mal: geral@acbraga.pt e/ou com recurso ao agendamento de uma reunião de trabalho com a Equipa Técnica da ACB.

Ficha (preencha, digitalize e envie através do e.mail:geral@acbraga.pt)

Informação a disponibilizar

Rua D.Diogo de Sousa,91 Apartado 58, 4711-909 Braga

T.253201750 | F. 253201768 | www.acbraga.pt

geral@acbraga.pt

logo1502logos

 

Redes Sociais